Depoimentos

Rejane Barros

Uma grande amiga minha (Andréa) uma vez me pediu para ficar com o filho dela para que ela pudesse ir conhecer o GEMG (Grupo Espírita Mahatma Gandhi) e eu fiz este favor, quando ela retornou mal desceu da moto e já foi logo dizendo: Jane, na próxima semana nós vamos e tenho certeza que você vai amar e foi o que aconteceu. No dia 14 de outubro de 2007 às 17h30 entrei no GEMG pela primeira vez, cheia de expectativa, nessa época Joãozinho ainda atendia no meio do salão, não chegou nem a minha vez e ele logo me chamou e disse coloque o nome dela para cuidar das crianças porque ela gosta de ajudá-las, não se preocupe, você ainda vai ser muito feliz. Vai dar tudo certo. E essas foram as primeiras palavras de João Emanuel para mim. Confesso que fiquei deslumbrada com tanto amor e foi aí que começou a minha jornada no GEMG. Toda semana, as terças-feiras e sábados eu estava lá. Nesta época eu morava no Curado I, saía do Centro geralmente às 21h30, tinha que pegar um ônibus, descer na BR-232 e ir andando para casa e o Irmão Lima sempre dizia: "ninguém mexe com você".


Tinha três filhos "aborrecentes", que consumiam todas as minhas forças. Tinha dias que eu chegava ao Centro aos prantos porque meu filho depois dos 18 anos começou a achar que a bebida e as "mulheres" eram a diversão perfeita, mais hoje graças a Deus e aos seus mensageiros, meu filho passou a frequentar o Centro e hoje aos 24 anos não bebe, não fuma, trabalha, casou e me deu um neto lindo, sem falar no maior respeito que ele tem ao Irmão Lima (meu anjo); Rebeca que era muito descontrolada,  hoje me dá aula de comprometimento e gratidão; Bárbara, hoje está mais calma e cautelosa até com as próprias amizades, ouvindo mais o Irmão Lima. O meu marido (Ilôr), juro como não sei como ele me aguentou com todos os meus problemas, minha agitação, minha falta de controle, meus desequilíbrios, entre tantas outras coisas. Obrigado amor (Ilôr) por tudo.



Graças ao amor, a perseverança do Irmão Lima, que tinha certeza que eu poderia melhorar, nunca desistiu de mim e da minha família, quando ele achava que eu merecia, gritou, deu puxões de orelha, mas aos poucos estou aprendendo. Apesar de todos os meus defeitos, de todos os altos e baixos, continuo firme e forte nessa caminhada do amor, da paz e aprendendo cada dia mais que: "A paciência é um tempo que não se perde". Agradeço todos os dias a Deus por estarmos perto dele, e a toda espiritualidade amiga, em especial a Joãozinho "Arcanjo Uriel", por me dar mais essa chance, e por tudo que ele faz por nós todos os dias. E peço perdão se por várias vezes fui falha e me deixei levar por sentimentos contrários. Mas espero que durante nossa caminhada eu possa cada vez mais aprender a amar, amar e amar...

 

No dia 24 de fevereiro foi o aniversário de Lima e tenho certeza que nenhum presente que dermos vai ser tão precioso quanto o que Deus nos deu nesse dia, com tanta luz, amor, respeito, dedicação e perseverança, pois você, Lima, é tudo isso e muito mais para nós. Que Jesus de Nazaré te abençoe ANDROCLES KARANCHANDAS LIMA (meu anjo)."



Rejane Barros

Março/2012

 

Foi no dia 06 de junho de 2010. Mal sabia eu, que essa data era o início de belos dias, de uma nova vida, repleta de luz e de muito, mais muito AMOR.


Fui muito bem acolhida no Grupo Espírita Mahatma Gandhi e procurava prestar atenção em tudo. Conheci João Emmanuel e mal sabia da grandeza desse espírito. Frequentava todos os sábados as reuniões, pois como em nenhum outro lugar, ali eu encontrava resposta para as minhas dúvidas. Porém, eu queria mais, fazer mais, descobrir mais, sentir mais. Até que fui convidada para participar dos estudos pelo Divino. Senti-me honrada.


Durante a caminhada, estudando e participando das reuniões mudei meus sentimentos, aprendendo a amar, a ter mais paciência, mais fé, aprendendo a ser cristã. Respeito e procuro seguir sempre as orientações do digníssimo e amado Ândrocles e dos amorosos Irmãos. Pergunto-me a cada dia: Como pude não enxergar antes o quão glorioso é Deus e Jesus Cristo? Nossa! Eles são a maior fortaleza que alguém possui e todos, todos mesmo, podem sentir Deus, pois Ele está dentro de cada um de nós, Ele é a nossa vida.


Quero, desejo, luto, almejo persistentemente, com todas as minhas forças, minha alma, meu espírito, amar e trabalhar para Deus, viver para ele, ajudando ao próximo, amando e respeitando. Ainda sou muito pequena e inferior, mas tenho fé e certeza que melhorarei a cada minuto, vencerei meus dragões, meus “medos”, meus conflitos psíquicos e serei feliz, ajudando meus Irmãos, iluminando minha aura, sendo uma pessoa boa, honesta. Eu não enxergada o quanto posso ser feliz abrindo a minha vida, o meu coração, a minha mente para Jesus Cristo.


Agradeço ao Pai Celestial por estar nesta terra, nesta Casa, ao lado de Ândrocles Lima, um homem divino, que admiro pela forma simples de ser, pela grandeza de amar e cuidar de cada um nós e, também por ter conhecido cada um de vocês, que complementam os meus dias. Que eu possa, João Emmanuel, aproveitar essa oportunidade até o último minuto da minha vida. Assim seja!!"



Ísis Garcia

23/11/11

Ísis Garcia

                 Cheguei ao Grupo Espírita Mahatma Gandhi em 25/01/11 através de uma grande amiga de infância. A mesma me convidara por várias vezes para fazer uma visita ao mesmo, pois ela passava no momento por um processo psicossomático e relatava que recebera lá o auxilio necessário. Nesse período eu, meu esposo e minha mãe tínhamos pouco mais de 2 anos de outorgado do grupo da igreja messiânica mundial do Brasil, no qual éramos membros presente e eu dedicava na locução do culto aos sábados.


Numa terça-feira fui acompanhar minha amiga ao Mahatma Gandhi e quando lá cheguei, a mesma me aconselhou a fazer uma consulta com o guia da Casa e eu fui, mas não sabia o que dizer por que fui até o Grupo só para acompanhá-la. Bem, ao entrar na sala de cura fui recebida pelo médium Lima incorporado pelo arcanjo Uriel, que me recebeu de asas abertas e me relatou que foi me buscar na minha casa para que eu trabalhasse no grupo. Fiquei muito emocionada e realizada por sentir tanto amor naquele momento. Foi inesquecível! Ele também disse que não me preocupasse que ele iria trazer meu esposo e ia ajudar toda minha família. Meu esposo, João, foi no sábado da mesma semana. Tivemos tanta certeza de todo o ocorrido que não voltamos mais a igreja. Senti como já conhecesse aquela Casa, alguns Irmãos e desde o primeiro dia senti uma mistura de admiração, respeito, carinho e reconhecimento pelo médium Ândrocles Lima. Os dias passaram e soube que tudo é um reencontro.


Como agradeço a Jesus por esse resgate, porque sei que cheguei até aqui por uma permissão divina em me melhorar como cristã e cumprir minha missão nessa encarnação. Recebo muitas bênçãos e eu que pensava que era feliz... Hoje tenho a oportunidade de estar com todos vocês, estudando e caminhando em busca da paz espiritual. Agradeço a todos os Irmãos espirituais que foram me resgatar e em especial ao nosso Arcanjo Uriel (João Emanuel)."


Taciana Régis
Dezembro/2011

Taciana Régis

De:

Taciana Régis
Ísis Garcia
Rejane Barros

Nesse espaço você poderá conhecer algumas experiências vividas por integrantes do Grupo Espírita Mahatma Gandhi.​

 

Loja online

Adquira nossos livros e produtos personalizados e receba em casa!

Como ajudar

  Há várias maneiras de ajudar! Você pode contribuir com nossas ações doando:

Produtos

de limpeza

e higiene

Roupas novas

ou usadas

Eletrodomésticos,

eletroeletrônicos, móveis, etc.

Seu tempo.

Seja um voluntário!

Doação online ou

em conta bancária

Doar

Saiba mais

Alimentos

não perecíveis

* Veja os itens